Professores Colaboradores

O corpo docente do Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social (PPGAS) vinculado à Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da Universidade de São Paulo (USP) é composto atualmente por 25 professores, sendo 22 permanentes e 3 colaboradores. Todos ministram disciplinas e orientam discentes. A seguir apresentamos o perfil de cada docente.

Sala: 18
Linha de pesquisa principal: Estudos ameríndios, africanos e afro-diaspóricos
Linhas de pesquisa secundárias: Poder e Diferença

Tem pesquisado políticas, modos de relação e direitos dos povos nativos das Américas. É atualmente vice-coordenadora do Centro de Estudos Ameríndios (CEstA-USP).

Sala: 22a
Linha de pesquisa principal: Estudos ameríndios, africanos e afro-diaspóricos
Linhas de pesquisa secundárias: Formas Expressivas e Regimes de Conhecimento

Sua atuação distribui-se pela etnologia, história e direitos dos índios, escravidão negra, etnicidade, conhecimentos tradicionais e teoria antropológica. Entre suas publicações constam os livros "Cultura com aspas"; "Negros, estrangeiros" e "Os mortos e os outros" ; organizou entre outras obras "História dos índios no Brasil" e "Enciclopédia da floresta". Foi professora doutora da Universidade Estadual de Campinas e professora titular da Universidade de São Paulo, onde é aposentada e colaboradora. Foi full professor da Universidade de Chicago de 1994 a 2009, onde é professora emérita.

Sala: 44 (IEB)
Linha de pesquisa principal: Formas Expressivas e Regimes de Conhecimento
Linhas de pesquisa secundárias: Estudos ameríndios, africanos e afro-diaspóricos

Professor e pesquisador em antropologia do Instituto de Estudos Brasileiros (IEB) da Universidade de São Paulo (USP). No PPGAS/USP, atua principalmente na Linha de Pesquisa "Formas Expressivas e Regimes de Conhecimento”,  com ênfase em Antropologia da Ciência e da Tecnologia, Antropologia da Natureza e da Modernidade, Estudos Pós-Disciplinares em Multiespécies e Cosmopolíticas, Antropologia e Meio Ambiente, Antropologia do Antropoceno, Teoria antropológica. É coordenador do LAPOD (Laboratório Pós-Disciplinar de Estudos - IEB/LaBieb/USP) e pesquisador do Centro de Estudos Ameríndios (CESTA-USP). Foi um dos fundadores e co-editou, entre 1997 e 2007, a revista Sexta-Feira – Antropologia, Artes e Humanidades.